O Silício em Eletrodos de Solda Causa Doenças?

Se tratando da sílica amorfa, gerada nos processos de soldas, é necessário realizar a amostragem? Ela gera algum risco para o trabalhador? Acompanhe o artigo e saiba mais! 

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

O que é?

A sílica, também denominada ‘dióxido de silício’, é um óxido de um semi-metal que encontra-se com conformação cristalina ou como sílica amorfa (estrutura que não têm ordenação espacial à longa distância, como os sólidos regulares). 

A sílica amorfa pode ser formada quando o eletrodo ou arame de soldagem apresentam silício em sua composição. 

Com o controle da sílica, é possível fornecer mais segurança ao local de trabalho e, consequentemente, garantir a saúde dos trabalhadores. No entanto, para chegar a esse patamar, é necessário contar com uma pesquisa eficiente e um laboratório confiável, que siga as determinações e as melhores práticas. Saiba mais neste artigo! 

A Sílica Amorfa causa doenças?

O silício é um dos materiais utilizados para proteger eletrodos de solda. Durante o processo de soldagem, este material atinge temperaturas altíssimas e silício é oxidado, formando o dióxido de silício. Não há tempo para formação do quartzo e cristobalita já que o tempo de soldagem é curto, por isso não é formada a sílica cristalina na maioria dos processos.

Nesse caso não  é preciso se preocupar com a amostragem da sílica cristalina. Tendo em vista que a sílica cristalina é a que causa a silicose e o câncer de pulmão. A poeira de sílica é encontrada quando ocorrem cortes, serragens, polimentos, o ato de moer, esmagamentos e todo ato de divisão de sílica cristalina (quartzo e cristobalita) como a areia, concreto, certos minérios e rochas, jateamento de areia e transferência ou manejo de certos materiais em forma de pó. 

No caso da solda, em que o silício é um componente do eletrodo, é originada a sílica amorfa. Este tipo de sílica gerada pela solda não possui limite, já que não há nenhuma comprovação de que causa doenças ocupacionais

Quando fazer a amostragem e análise de sílica cristalina?

Alguns eletrodos recebem o quartzo em sua composição, o que pode variar de 5 a 10%. Se um trabalhador utiliza em seus processos, materiais que contenham quartzo, é preciso se atentar quanto à periodicidade, consumo dos eletrodos e  condições do ambiente.

A HO Fácil realiza treinamentos e palestras de Higiene Ocupacional com a finalidade de preparar profissionais para se destacarem no mercado de saúde e segurança do trabalho. Oferecemos formação profissional para que nossos alunos dominem os riscos químicos, físicos e biológicos. Se você quer ficar 100% preparado para atuar no mercado de Higiene Ocupacional com segurança e confiança chegou a sua hora.  Contate-nos e saiba mais! 

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: Sílica Amorfa liberada por materiais de solda causa doenças

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=ogF7Z3iV0Es[/embedyt]

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Gmail

5 de agosto

Pare de analisar Fumos Metálicos em Higiene Ocupacional