O porquê de você utilizar Amostradores Passivos

Conheça neste artigo as vantagens de utilizar os amostradores passivos nas coletas de amostras e as diferenças deste método para o de amostragem ativa. Acompanhe!

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as dicas e novidades!

O que é Amostragem?

Pode ser definida como as etapas de determinação de uma amostra a ser analisada. Utiliza-se a amostragem para garantir maior precisão; os amostradores são pequenos dispositivos colocados na zona respiratória do trabalhador.

A Amostragem Passiva

A Amostragem Passiva é realizada sem a utilização de uma bomba de sucção, ou seja, não há uma sucção de ar para dentro do amostrador para a coleta de uma amostra. A coleta é realizada através do processo de difusão, envolvendo o movimento do ar através do amostrador.

A principal vantagem dos amostradores passivos é que não necessitam de uma bomba para a coleta de agentes. Desta forma, não é necessária a calibração da bomba, a checagem após a amostragem e a possibilidade da perda de amostras devido à variação da vazão.

Os amostradores passivos são colocados na zona respiratória do trabalhador e para a coleta das amostras de ar basta anotar o tempo de início, os intervalos e o tempo de término da coleta.

Amostragem Passiva x Amostragem Ativa

A principal diferença entre a amostragem ativa e a amostragem passiva é que, na passiva, não é necessário um meio que succiona o ar e faz com que ele passe pelo amostrador, existe uma superfície coletora dentro dos amostradores que começa a coletar a partir do momento que ele é exposto no ambiente.

Uma das desvantagens da amostragem ativa é que se a vazão der acima de 5%, a amostra deve ser descartada e a coleta é feita novamente. Na amostragem passiva você não corre o risco de perder a sua amostra.

A amostragem passiva é usada somente para gases e vapores, já que estes podem ser coletados através de uma membrana absorvedora utilizando processos físicos como, por exemplo, a difusão. Por isso alguns amostradores passivos também são conhecidos como amostradores por difusão (diffusive samplers).

Tipos de amostradores passivos

Existe no mercado diversos tipos de amostradores passivos para amostragem de gases e vapores, os mais utilizados são aqueles contendo uma membrana adsorvente de carvão ativo utilizado para coleta de vapores orgânicos, tais como benzeno, tolueno e xilenos. Entretanto, também há amostradores que contém membranas tratadas quimicamente e estes são utilizados para contaminantes como formaldeído, por exemplo.

A HO Fácil realiza treinamentos e palestras de Higiene Ocupacional com a finalidade de preparar profissionais para se destacarem no mercado de saúde e segurança do trabalho. Oferecemos formação profissional para que nossos alunos dominem os riscos químicos, físicos e biológicos. Se você quer ficar 100% preparado para atuar no mercado de Higiene Ocupacional com segurança e confiança chegou a sua hora.  Contate-nos e saiba mais! 

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: O porquê de você utilizar Amostradores Passivos:

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=4rA3xOWTrv8[/embedyt]

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Gmail

5 de agosto

Pare de analisar Fumos Metálicos em Higiene Ocupacional