Como encarar análises de nafta no meu PPRA?

Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre as naftas, compostos derivados dos destilados de petróleo e de misturas de hidrocarbonetos. A principal dúvida é: Como encarar as análises de nafta no PPRA?

Acompanhe este artigo e  saiba mais!

Não se esqueça de curtir a nossa FanPage e ficar por dentro de todas as novidades!

Nafta: O que é?

A nafta pode ser definida como as várias misturas de hidrocarbonetos líquidos, que são altamente inflamáveis e que se originam do petróleo. A nafta um líquido amarelado de cheiro característico., utilizada para fazer a tão conhecida gasolina, entre muitos outros produtos.        

Como fazer a análise de nafta?

Para uma boa análise de naftas você deve recorrer à ACGIH e verificar o anexo H sobre o procedimento de cálculo recíproco para naftas, neste anexo são retirados os limites da maioria das naftas, normalmente, aquelas que não possuem limite estabelecido.

O anexo H  da ACGIH é aplicável apenas para solventes refinados de petróleo, enquanto os limites são calculados conforme a composição bruta deste solvente – do líquido e não da amostra de ar.

Muitas pessoas coletam a amostra de ar em tubo de carvão, e com base nessa composição de amostragem do ar é calculado o limite de acordo com o cálculo recíproco. Entretanto este não é um método validado e que não está estabelecido no anexo H da ACGIH.

É dever do fabricante disponibilizar informações sobre a composição esperada do líquido ou do solvente com base na quantidade de carbonos e sua estrutura molecular. Somente a  partir dessa orientação que se torna possível fazer a quantificação da nafta.

Ao coletar a amostra com o tubo, o laboratório quantifica essa nafta e o limite é estabelecido pelo fabricante através da composição deste líquido. Caracterizar esta nafta é um processo complexo, poucos laboratórios que fazem esta caracterização de acordo com a composição bruta.

Lembre-se que a varredura de solventes não é uma saída para coleta de amostras para nafta.

A HO Fácil realiza treinamentos e palestras de Higiene Ocupacional com a finalidade de preparar profissionais para se destacarem no mercado de saúde e segurança do trabalho. Oferecemos formação profissional para que nossos alunos dominem os riscos químicos, físicos e biológicos. Se você quer ficar 100% preparado para atuar no mercado de Higiene Ocupacional com segurança e confiança chegou a sua hora.  Contate-nos e saiba mais! 

Confira o vídeo completo, disponível no Youtube: Como encarar análises de nafta no meu PPRA?

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=Ki7hJY2bIJE[/embedyt]

Por: HO Fácil

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Gmail

12 de agosto

NÃO COMETA ESSES 3 ERROS USANDO O ANEXO 13 DA NR15