Como Convencer Empresas a Investir em SST

Embora focadas em lucratividade, as empresas que procuram seus serviços de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) não são organizações beneficentes; elas visam resultados tangíveis e sustentáveis. Frequentemente, esses investimentos se concentram em ativos de capital, funcionários e infraestrutura. No entanto, muitos gestores ainda subestimam a segurança no local de trabalho, um componente crítico que pode determinar o sucesso ou o fracasso de uma organização. Como empresário de SST, seu desafio é destacar a importância vital desses serviços, não apenas para a segurança dos funcionários, mas como um pilar que prepara a empresa para crescer de forma segura e produtiva.   

Acompanhe este artigo para argumentos convincentes que ajudarão a transformar a perspectiva de seus clientes sobre o investimento em segurança no trabalho.  

Não se esqueça de curtir a nossa FanPagee ficar por dentro de todas as dicas e novidades!        

Sempre com conteúdo novo e gratuito para que a sua consultoria de SST fature além de 1 milhão. Aproveite e siga meu perfil no Instagram @fernandacoelhosst para ficar por dentro de tudo! 

 

 

Por que investir em SST? 

  

Essa é uma pergunta comum nas orelhas de todo empresário de SST, frequentemente reduzida à simples emissão de um laudo de insalubridade. No entanto, as estatísticas não mentem: empresas que florescem são aquelas que implementam sistemas robustos de gestão de saúde e segurança. Transcender a mera conformidade com laudos e olhar para SST como um investimento estratégico traz benefícios palpáveis e duradouros. 

  

Quais os benefícios de investir em SST? 

  

Primeiramente, uma política eficaz de SST minimiza custos e complicações legais. Processos judiciais não só consomem tempo e dinheiro como também podem danificar severamente a reputação de uma empresa no mercado. Evitar acidentes de trabalho é, portanto, essencial para proteger a empresa contra reclamações legais. 

  

Além disso, investir em segurança no local de trabalho reduz significativamente o absentismo. Menos funcionários faltam ao trabalho devido a problemas de saúde ou lesões, economizando custos substanciais para a empresa e evitando atrasos de produtividade. Por fim, empresas que negligenciam a segurança tendem a sofrer com alta rotatividade de pessoal, o que aumenta os gastos com recrutamento, integração e treinamento, ao mesmo tempo em que diminui a moral da equipe e a eficiência operacional. 

  

Sustentação através de dados 

  

Para convencer ainda mais seus clientes do valor de investir em SST, apresente dados concretos. Por exemplo, na Voith Hydro, uma fabricante de equipamentos em São Paulo com cerca de 2 mil funcionários, desde 2007 líderes são treinados em gestão de segurança no trabalho, o que levou a uma redução significativa nos acidentes — de 25 para apenas 2 acidentes por mil horas trabalhadas em dez anos, atingindo padrões globais de segurança. Em algumas unidades, a ausência de acidentes permitiu reduzir o Fator Acidentário de Prevenção (FAT) de 3% para 1,8% sobre a folha de pagamento, gerando economias substanciais. 

 

Em suma, o investimento em Segurança e Saúde no Trabalho transcende a mera conformidade regulatória; é um passo estratégico essencial para o sucesso empresarial. Como empresário de SST, sua missão é clara: demonstrar de forma convincente como os serviços de SST não apenas protegem o bem-estar dos funcionários, mas também trazem benefícios econômicos significativos. Redução de custos com litígios, diminuição do absenteísmo e melhoria na retenção de funcionários são apenas alguns dos benefícios diretos que fortalecem o caso de negócio para o investimento em sistemas eficazes de gestão de saúde e segurança. Ao apresentar esses benefícios de forma clara e com dados comprovados, você não apenas vende um serviço, mas oferece uma solução fundamental que contribui para a sustentabilidade e o crescimento a longo prazo de seus clientes. 

 

Fernanda Coelho, especialista em Marketing e Vendas, tem sido a força motriz por trás do sucesso do grupo HO Fácil desde 2015. Suas estratégias inovadoras geraram um faturamento superior a 10 milhões, destacando-se com um marco de 7 dígitos em 2022 e em 2023 para uma das empresas do grupo. Reconhecendo as dificuldades enfrentadas por profissionais de SST no desenvolvimento de negócios lucrativos, Fernanda agora se dedica a orientar consultores na estruturação de empreendimentos rentáveis e eficientes no campo da Segurança do Trabalho. Entre em contato e descubra como você pode transformar seu negócio! 

 

Quer complementar o assunto? Assista a aula abaixo: 

Inscreva-se em nosso canal do Youtube clicando aqui. 

Por: Fernanda Coelho

Compartilhe:

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
Gmail

26 de maio

Primeiros Passos na Identificação de Reações de Agentes Químicos